Os Anjos de Deus

      

                                        

                                                Os anjos, são espíritos celestiais criados por Deus, que os dotou de excelentes dons naturais, pelos quais tornaram-se muito superiores aos homens em perfeição. Além disso,  Deus concedeu-lhes a graça santificante, que os faz resplandescer em sobrenatural beleza e dignidade. 

                                                Lúcifer, que quer dizer "Anjo da Luz", era o anjo mais poderoso do céu e gozava de todas as regalias celestes. Era o "braço direito" de Deus, um anjo da Sua especial estima e confiança.  Deixando-se levar, porém, pela soberba, acabou julgando-se superior a Deus, em poder e majestade.  Muitos anjos, na eternidade, guiados por Lúcifer, pecaram  e rebelaram-se contra o Criador,  havendo no céu grande batalha.   Miguel, à frente de todos os anjos, comandou luta contra os anjos rebeldes e reagindo sob o lema "Quem como Deus?", liderou intenso combate do qual saiu vitorioso, precipitando Lúcifer e todos os seus sequazes para o fogo do inferno.  São eles os demônios ou espíritos malignos.  

                                                Os demônios, vendo-se para sempre expulsos do céu, passaram a odiar e a invejar os homens, procurando causar-lhes danos ao corpo e à alma, a fim de arrastá-los à desgraça eterna.   

                                                Deus confirmou no bem os anjos fiéis, de modo que já não podem pecar, e os recompensou com a felicidade eterna. São eles amigos dos homens e por isso os protegem no corpo e na alma, exortando-os à prática do bem. Cada homem tem um anjo bom que o protege e o acompanha sempre: é o Anjo da Guarda.  Muitos autores e padres são de opinião que nossa alma está destinada a ser, no futuro, companheira dos anjos, para ocupar no céu um dos tronos deixados vazios pelos anjos rebeldes.  Por isto, pelo exercício do livre arbítrio, é que deveremos espontaneamente ocupar ou não o lugar que para nós está reservado. Na caminhada para atingir tão grande objetivo, temos necessidade diária do amparo e proteção do nosso anjo da guarda, a quem devemos recorrer freqüentemente.

                                                O culto dos anjos, desenfreadamente difundido nos dias de hoje, surge por todos os lados, especialmente no mundo cibernético, onde é difícil encontrar matéria de fonte confiável. Basta fazer uma pesquisa em qualquer site de busca para se constatar as gritantes invencionices sobre o tema.  Numa baralhada de misticismo, ocultismo e esoterismo, os seres angelicais parecem precipitados ao plano das  fadas e duendes.  Os Arcanjos, inclusive,  já foram por eles nominados um a um,  quando sabemos que dos sete Arcanjos que assistem o trono de Deus, nos são conhecidos apenas três: Miguel, Gabriel e Rafael. E por aí afora, uma série de impropérios e mentiras ultrajam a existência divina dos Anjos. Fazem o jogo de Satanás, o pai da mentira, que semeia no campo da ignorância, propício para uma fácil conquista. 

"Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós com vestidos de ovelhas e dentro são lobos rapaces." 

                                                Consoante estas palavras de Cristo (em Mt 7,15) , haviam de entrar no seu rebanho lobos que, apresentando-se cobertos com lã de ovelha, avançam hoje com força para o campo da mística supersticiosa. Num ambiente belo e colorido, porém, traiçoeiramente enganador, iludem e arrastam milhares de adeptos. É quando o poder do mal investe poderosamente, atraindo para si homens desguarnecidos, que perderam a noção do pecado, do bem e do mal e onde tudo lhes parece permitido.  Neles, o maligno encontra o terreno perfeito para plantar o joio da perdição.  

                                                Peçamos ao Santo Anjo que nos livre desta fatal armadilha, preservando-nos do mal e guiando-nos para o caminho da virtude. 

  

<>       HIERARQUIA DOS ANJOS       <>

    -  OS 09 COROS DOS ANJOS  -

 Tronos

Chamados "Sedes de Deus", assistem aos anjos inferiores

Querubins

Anjos de plena capacidade de sabedoria e ciência, conforme S. Jerônimo e S. Agostinho

Serafins

Estão unidos a Deus de maneira especial, nos ardores da caridade.

Dominações

Dominam sobre os anjos a missão de executar as ordens de Deus e distribuir funções aos anjos inferiores.

Potestades

Condutores da ordem sagrada, agem junto ao governo do mundo e da Igreja. 

Virtudes

Tem por missão afastar os anjos maus e obstáculos que se opõe às ordens de Deus 

Principados

De ação mais extensa e universal, presidem reinos, províncias e dioceses. 

Arcanjos

Enviados por Deus em missões especiais junto aos homens.  Estão na presença de Deus e assistem o seu trono num número total de sete, dos quais conhecemos apenas três, Miguel, Gabriel e Rafael.

Anjos

Velam pela vida espiritual e corporal do homem, não só desviando-o dos perigos temporais e espirituais, mas também intercedendo por eles.  A esta classe pertence o nosso Anjo da Guarda. 

 

                                          *  *  *  *  *  *  *  *  *

TÓPICOS RELACIONADOS

São Miguel Arcanjo São Gabriel Arcanjo São Rafael Arcanjo Santo Anjo da Guarda

Ir para  Página Oriente